Páginas

27 março 2017

Vacina contra o diabetes é anunciada oficialmente e mundo comemora

Com o aval da FDA, os testes da fase intermediária foram realizados em 150 pessoas adultas que estavam em estado avançado da #Doença. A vacina recebeu o nome de bacilo calmette-Guerin (BCG) e o anúncio de sua aprovação foi realizado no último domingo (19), na 75ª Sessões Científicas da Associação Americana de Diabetes. A Doutora Denise Faustman, principal responsável pelo estudo e diretora do Laboratório de Imunobiologia do Hospital Geral de Massachusetts, localizado no estado de Boston foi quem fez o comunicado para a sociedade.
A Doutora Denise explicou durante uma entrevista à Reuters que a vacina aumenta de forma temporária o nível de uma substancia chamada TNF – Fator de Necrose Tumoral, os níveis elevados desta substância eliminam do sangue as células que prejudicam os portadores do diabetes tipo 1.
A equipe responsável pela pesquisa descobriu durante um estudo preliminar que o uso de duas injeções de BCG administradas aos pacientes com quatro semanas de intervalo acabaram de forma temporária com as células que causam o diabetes.
Apesar do avanço positivo dos estudos, os especialistas precisam fazer testes em um grupo maior para avaliar com maior eficácia e de maneira segura a vacina. Além da necessidade de verificar o efeito deste tratamento em um prazo mais longo.

O Que é diabetes?

É uma síndrome que tem como característica o excesso de açúcar no sangue, pode ser ocasionada pela baixa produção de insulina no organismo ou incapacidade da insulina exercer suas funções nas células do corpo, resultando num alto índice de glicemia.

O que é insulina?

É um hormônio que o pâncreas libera e tem a função de controlar a glicemia do organismo, estimulando que o açúcar entre nas células para ser metabolizado. Se o corpo produz a insulina em quantidade necessária para o corpo, porém, não consegue agir de maneira adequada, indica que o organismo está com resistência à insulina, podendo ser indício da doença.
 Diabetes tipo 1: O sistema imunológico destrói as células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina, causando o acumulo de glicose no sangue. Na maioria dos casos, atinge crianças e jovens, as pessoas diagnosticadas com esse tipo de diabetes devem tomar doses diárias de insulina.
– Diabetes tipo 2: O corpo produz insulina, mas sofre uma resistência a ela, fazendo com que não absorva energia suficiente. Seu diagnostico está ligado a vários fatores como sedentarismo, e também pode ser hereditária. Em geral atinge pessoas acima de 40 anos. A medicação nesse caso pode ser oral, quando a doença não é tratada de forma correta pode levar a pessoa ao coma e até a morte.

Alimentos que Ajudam a Prevenir a Diabetes

Uma dieta equilibrada ajudar a reduzir a taxa de açúcar no sangue, mas antes de tudo é importante ter um acompanhamento de um nutricionista para saber a quantidade certa de ingestão de alguns alimentos.
– Frutas: deve-se evitar as frutas que contém carboidratos e mais doces como:
  • Uva
  • Banana
  • Caqui
  • Figo
  • Frutas em caldas.
– Alimentos integrais: consuma alimentos integrais é uma excelente opção e ajudam na distribuição dos nutrientes presentes para o corpo. Entre os principais estão:
  • Aveia
  • Arroz
  • Granola
– Leguminosos: os leguminosos controlam o índice de . Os principais são:
  • Feijão
  • Ervilha
  • Lentilha
  • Grão de bico
  • Fava
  • Soja
– Vegetais: Os vegetais são parte importante no tratamento e também são ricos em fibras, além de auxiliar na prevenção de outras doenças. Os principais são:
  • Repolho
  • Couve
  • Rabanete
  • Agrião
  • Couve de Bruxelas
Além disso, prefira carnes de aves e peixe ao invés de carne vermelha. Substitua o açúcar pelo adoçante, no entanto, deve ser aqueles não calóricos, como a sacarina. Na preparação dos alimentos substitua o óleo por .














Nenhum comentário:

Postar um comentário