Páginas

31 março 2016

MANTENHA SUA COZINHA LIMPA E LIVRE DE BACTÉRIAS

Família reunida e preparar uma comidinha gostosa e saudável é uma das coisas mais gostosas de fazer.
 Mas, para que esse momento fique ainda melhor, é necessário manter sua cozinha limpa e higienizada para que bactérias e micróbios não tomem conta desse espaço tão importante no nosso dia a dia.
Aqui vão algumas dicas fáceis e necessárias de limpeza, que não tomam muito do seu tempo.
Tábuas de cortes
A tábua de corte é um dos objetos que mais transmitem bactérias na cozinha, pois é o mesmo lugar que você pica a cebola e corta o frango. Por isso, uma limpeza bem-feita é mais do que necessária.
Primeiro, prefira as tábuas de plástico ou de vidro, pois as de madeira (apesar de serem mais bonitas) são mais difíceis de limpar e favorecem a proliferação de bactérias. Mesmo assim, quando a tábua de plástico estiver velha, com muitas ranhuras, é hora de trocar, pois é lá que as bactérias se acumulam. Lave a tábua com água quente, esponja e um detergente líquido, de preferência com ação antibacteriana. Depois disso, deixe-a secar naturalmente ou seque-a com papel toalha, pois os panos podem conter germes das mãos e de outros lugares.
Dica: para cada tipo de comida use diferentes tábuas, uma para carnes, outra para pães, outra para vegetais e assim por diante, para não causar contaminação cruzada, que se dá pela transferência de micróbios de um alimento infectado para outro. Também é recomendado não cortar na mesma tábua carne e alimentos crus, já cozidos ou que ainda não foram higienizados.




Bancadas e pias
Quando vamos fazer alguma comida, sempre usamos a pia ou, se tiver, bancadas para apoiar os alimentos. Isso gera contaminação, inclusive a já citada contaminação cruzada.
Após usar esses lugares, sempre limpe com uma esponja e detergente. Se quiser limpar nos cantinhos, onde junta mais sujeira, você pode usar uma escovinha, que pode até ser de dente. Mas deixe-a só para isso.








Esponjas de lavar louça
Além de absorverem bastante água, que nem sempre é limpa, elas guardam umidade, restos de comida e germes que ficam grudados em suas fibras. De acordo com o National Science Foundation, a esponja é o lugar que mais acumula germes da casa.
Sua troca tem que ser feita semanalmente ou a cada 15 dias. É recomendado também uma esponja para cada serviço: uma para lavar pratos, outra para copos, outra para panelas e outra para lavar a pia.
DICA: Prática para desinfetar a esponja: depois de lavar a louça, lave bem a esponja e torça. Coloque-a de molho por 5 minutos em um copo com água e ½ colher de hipoclorito de sódio ou água sanitária. Torça bem para retirar toda a água e coloque no micro-ondas por 1 minuto na potência máxima.




Panos de prato
Muita gente acha que por ser usado apenas para enxugar as mãos e a louça depois de lavadas, não transmitem nenhum germe. Exatamente por causa disso os panos de pratos ficam sempre úmidos, o que favorece a proliferação e o abrigo de germes e micróbios.
Tente trocar todo dia, deixe um para cada dia da semana. Para higienizar, lave-os com sabão em pó e água sanitária.





  Ralo da pia
Será que você dá atenção devida a esse utensílio? Ali só cai sujeira e restos de comidas, e por ser úmido e quente, já que está perto do esgoto, micróbios e germes se proliferam e podem subir até a pia.

Use um desinfetante e limpe bem a região toda vez que terminar de lavar a louça. 
DICA : No mínimo uma vez por semana, faça uma solução de uma colher de água sanitária para 250ml de água e deixe o ralo de molho. Ferver água e jogar na pia também é uma maneira rápida e eficaz para matar bactérias e ainda evitar entupimentos.





30 março 2016

Como limpar Banheira e manter sua Banheira sempre perfeita.

Confira dicas para limpar a sua banheira para que ela fique brilhando.
É importante identificar o tipo da sua banheira, se ela é de porcelana ou de fibra de vidro, por exemplo, pois de acordo com o material do qual ela é feita, deve ser limpa de maneiras diferentes utilizando produtos de limpeza diversos.
Se for de porcelana, evite utilizar produtos abrasivos, como esponjas de aço, por exemplo. Nesse caso, o ideal é despejar um limpador líquido em uma esponja de fibra sintética úmida e aplicar o produto sobre a superfície da banheira. Depois, enxágüe bem.
Outra opção é esfregar as manchas difíceis com um pano embebido em resina e depois, passar um pouco de detergente líquido diluído em água quente.
Já as banheiras de fibra de vidro, devem ser limpas com produto específico ou com limpador não-abrasivo. O ideal é aplicar o produto com uma esponja úmida e enxaguar bem. Em ambos os casos, procure utilizar luvas de borracha quando for manusear os produtos porque, na maioria dos casos, eles contêm ácido que podem ressecar a pele.
Se mesmo depois de aplicar o limpador a banheira continuar suja, esfregue bem a superfície da banheira com uma esponja embebida em vinagre quente e depois enxague bem. No caso de manchas, se elas forem amareladas, limpe-as com uma mistura de resina e sal. Deixe agir por dez minutos, depois lave com água bem quente com sabão e por último com água fria.
Já se houver manchas escuras, utilize uma esponja embebida em água oxigenada ou água sanitária, dando umas batidinhas na mancha. Repita a operação por vários dias para clarear totalmente as manchas escuras.

Se o problema é sujeira nos metais da banheira, limpe-os com algum produto que contenha amoníaco. Depois, esfregue a superfície com água e vinagre. Seque com um pano e esfregue para dar brilho. Outra sugestão para eliminar as manchas de água ou espuma dos metais é utilizar óleo de limão.



























DICAS FÁCEIS LIMPAR SEU BANHEIRO.

Como limpar rejunte
A umidade constante no banheiro faz com que o rejunte dos pisos e azulejos acumule lodo. Para evitar esse processo, basta utilizar água bem quente, bicarbonato de sódio e uma escova de cerdas duras para limpar entre os revestimentos.
O poder de remoção das gorduras do bicarbonato, unido com a alta temperatura da água é uma maneira fácil e pouco agressiva de limpar banheiros. Para facilitar a limpeza, use a água do próprio chuveiro durante o processo.
Limpeza do box:
Para retirar manchas do box e deixar o vidro limpinho, comece limpando toda superfície com uma bucha macia, detergente neutro e água quente. Limpe por dentro e por fora e, se as manchas persistirem, use um produto um pouco mais abrasivo, como removedor. 
Uma dica preciosa para evitar manchas de água no box é passar uma fina camada de cera para carros, ou pisos de pedra, no vidro. Espalhe bem o produto, seguindo as instruções da embalagem e deixe secar por alguns minutos. A cera vai isolar o vidro da água, evitando as indesejáveis manchas.
limpar o vaso sanitário

Para limpar o vaso sanitário, use um pano somente para essa tarefa, de modo que o restante do banheiro não corra o risco de ficar contaminado. Primeiro, jogue um pouco de água sanitária dentro do vaso, esfregue as laterais com uma bucha e puxe a descarga para enxaguar. É de extrema importância estar usando luvas descartáveis durante o processo.

Em seguida, limpe a parte externa usando bicarbonato de sódio  água quente e um pano macio, para retirar odores e bactérias da região. Limpe o lixo e outras peças de louça e pedra do banheiro, usando o mesmo procedimento.