Páginas

31 maio 2015

Os 10 profissionais mais em falta no Brasil e outros Países.



1. Japão: 83% dos profissionais de RH têm dificuldades na hora de contratar
Profissionais em falta no Japão
1. Engenheiros
2. Representantes de vendas
3. Profissionais de TI
4. Contadores e profissionais de finanças
5. Motoristas
6. Técnicos
7. Gerentes de vendas
8. Médicos e profissionais de saúde ( exceto enfermeiros)
9. Operários
10. Trabalhadores de ofício

2. Peru: 68% dos profissionais de RH têm dificuldades na hora de contratar
Profissionais em falta no Peru
1. Trabalhadores de ofício
2. Pessoal de apoio de escritório
3. Técnicos
4. Operadores de produção e de máquinas
5. Representantes de vendas
6. Profissionais de hotéis e restaurantes
7. Engenheiros
8. Profissionais de atendimento e suporte ao cliente
9. Motoristas
10. Contadores e profissionais de finanças

3. Hong Kong: 65% dos profissionais de RH têm dificuldades na hora de contratar
Profissionais em falta de Hong Kong
1. Representantes de vendas
2. Engenheiros
3. Profissionais de TI
4. Gerentes de vendas
5. Contadores e profissionais de finanças
6. Faxineiros e trabalhadores domésticos
7. Motoristas
8. Trabalhadores de ofício
9. Técnicos

10. Operários

4. Brasil: 61% dos profissionais de RH têm dificuldades na hora de contratar
Profissionais em falta no Brasil
1. Técnicos
2. Trabalhadores de ofício
3. Operadores de Produção e Máquinas
4. Pessoal de apoio de escritório
5. Operários
6. Motoristas
7. Representantes de vendas
8. Engenheiros
9. Contadores e profissionais de finanças
10. Profissionais de TI

5. Romênia: 61% dos profissionais de RH têm dificuldades na hora de contratar
Profissionais em falta na Romênia
1. Trabalhadores de ofício
2. Engenheiros
3. Motoristas
4. Gerentes executivos
5. Profissionais de TI
6. Representantes de vendas
7. Contadores e profissionais de finanças
8. Gerentes de vendas
9. Profissionais de hotéis e restaurantes
10. Operários














Conheça 10 cidades medievais ao redor do mundo



Trakai – Lituânia

A cidade foi, na antiguidade, a capital do pequeno país do Leste Europeu. A arquitetura e a história estão bem conservadas. A principal atração turística é o castelo de Trakai, que fica situado em lago. Construído nos anos 1300, ele tem um museu dentro e marcas impressionantes da era medieval.
 



Edimburgo – Escócia

As ruas de pedra e arquitetura impecável são os fatores que colocam a cidade na lista. Além disso, a influência da era medieval é tão grande que mesmo as construções atuais tentam reproduzir as marcas do passado. O Castelo de Edimburgo é a maior marca dessa era na cidade e um dos pontos turísticos mais procurados.

Carcassonne – França

A cidade francesa foi totalmente construída no século 13 repleta de fortificações e muralhas gigantescas. No século 19 ela foi restaurada e hoje é um polo turístico muito procurado por turistas curiosos por história.




Praga – República Tcheca

A capital do país foi uma grande potência da era medieval e ainda conta com diversas marcas dessa época. A arquitetura da cidade tem os dois lados: antiguidade e modernidade, que tornam ainda mais incrível a beleza da cidade. O Castelo de Praga e a Ponte Charles são os locais que os turistas gostam de visitar.

Oviedo - Espanha

A cidade espanhola é a capital das Astúrias e tem uma forte influência da era medieval. Os pontos marcantes são as igrejas e os mosteiros e a cidade é tombada como patrimônio histórico da UNESCO.




Rothenburg ob der Tauber – Alemanha

Andar por essa pequena cidade alemã dá a sensação completa de estar na Idade Média. Ela é considerada uma das cidades medievais mais bem conservadas do mundo e conta com uma infinidade de exemplos típicos da época. São muitas casas, fontes, torres e muralhas espalhados pela cidade.



Siena – Itália

Na região da Toscana, a cidade de Siena também é um mergulho na história. A cidade parece que parou no tempo e suas belas construções do passado estão presentes até hoje. A praça Piazza del Campo é o grande símbolo da cidade.



Bruges – Bélgica

Conhecida como Veneza do Norte, a cidade é repleta de muros e canais cortados por pontes de pedra. Bruges era um grande polo econômico na antiguidade. A preservação da rica história do passado rendeu à cidade o reconhecimento da UNESCO como Patrimônio da Humanidade e também o título de Capital Europeia da Cultura.



 

Krumlov – República Tcheca

Se quiser conhecer Praga, inclua esse destino na lista. A cidade de Krumlov fica a quase 200 km da capital e também tem grandes influências da Idade Média. As torres, os castelos e as praças possibilitam uma grande viagem no tempo junto com os mais de 300 prédios históricos que a cidade possui.


Trakai – Lituânia

Trakai – Lituânia

Edimburgo – Escócia

Edimburgo – Escócia

Carcassonne – França

Carcassonne – França

Praga – República Tcheca

Praga – República Tcheca

Oviedo - Espanha

Oviedo - Espanha

Rothenburg ob der Tauber – Alemanha

Rothenburg ob der Tauber – Alemanha

Siena – Itália

Siena – Itália

Krumlov – República Tcheca

Krumlov – República Tcheca

Bruges – Bélgica

Bruges – Bélgica